Voltar

Benefícios da integração lavoura-pecuária-floresta

  • Integração
  • Publicado em 25/05/2017

A integração lavoura-pecuária-floresta viabiliza a recuperação de áreas alteradas pelas atividades agropecuárias, como plantação de grãos, carnes, leite, madeira, água e energia. Esse sistema, desenvolvido pela Embrapa em parceria com instituições, auxilia na recuperação de nascentes, acúmulo de carbono e recuperação do solo através do plantio, durante o verão, de arroz, feijão, milho e, principalmente, árvores.

 

Entenda a importância do processo de integração lavoura-pecuária-floresta e conheça os benefícios dessa técnica.

 

Benefícios da adoção do sistema

Benefícios ambientais:

·         Redução dos impactos ambientais;

·         Adequação da preocupação ambiental com o mercado e interesses dos pecuaristas;

·         Aumento da produção e incremento na resiliência dos sistemas produtivos com diminuição de riscos financeiros nas atividades de produtores de grãos;

·         Eficiência dos recursos, como terra e insumos, melhoria na qualidade de solo e água, redução de uso de agrotóxicos e dos impactos climáticos;

 

Benefícios econômicos:

·         Aumento da renda dos proprietários devido à diversidade de atividade das áreas participantes;

·         Redução nos riscos de mercado, de custos a médio e longo prazo e consequente melhoria de vida do produtor rural.

·         Aumento na produtividade anual da pecuária de corte, leite e de produtos extraídos dos componentes florestais.

 

Benefícios sociais:

·         Geração de empregos, diretos e indiretos;

·         Contribuição na renda do país;

·         Melhoria na distribuição de renda.

 

Integração lavoura-pecuária-floresta e o acúmulo de carbono

 

O acúmulo de carbono no solo representa mais matéria orgânica na região, o que contribui para a melhoria da estrutura física, química e microbiológica do solo. Com o aumento da matéria orgânica, a fertilidade do solo fica maior, beneficiando as plantações e a qualidade dos insumos.

O carbono ainda auxilia na retenção de água, resultando em maior disponibilidade hídrica para as plantas e na melhoria de crescimento do plantio.

Em quatro anos, a integração lavoura-pecuária-floresta acumulou quantidades de carbono similares ao de áreas florestas nativas em equilíbrio.

 

Recuperação do solo com a integração lavoura-pecuária-floresta

 

A integração lavoura-pecuária-floresta, embora não consiga alcançar todo o estoque similar ao da mata, influencia em grande parte na recuperação de vários hectares de áreas alteradas pelo plantio agrícola. Dentre todas os benefícios da adoção do sistema, a recuperação do solo é de extrema importância para a qualidade do plantio, da produtividade, das áreas ambientais e da redução no impacto climáticos.  

 

A integração lavoura-pecuária-floresta proporciona aumento e qualidade na produção animal e vegetal e resulta em benefícios ambientais e sociais. Além disso, possibilita o aumento de áreas de plantio e produção de grãos sobre áreas de pastagens degradadas ou mesmo em áreas não especificas para plantios.

Para saber mais sobre o mundo rural, acompanhe nossa página de notícias. Aqui na Sementes Santa Fé você encontra sementes de qualidade e profissionais preparados para oferecer assistência superior.