Voltar

Conheça os principais tipos de capim para equinos

  • Adubação
  • Publicado em 26/07/2017

 A escolha correta do capim para equinos influencia diretamente na produtividade e na força dos animais. Esse cuidado é importante porque o alimento certo é responsável pela manutenção da saúde e qualidade de vida do animal, auxiliando no aumento do crescimento dos potros e no ganho muscular, potencializando os saltos, a resistência e a beleza do animal.

Os fatores de escolha do capim para equinos devem ser baseados na qualidade e capacidade nutricional, atendendo a necessidade da categoria animal.

 

Tipos de capim para equinos

 

Entre os principais tipos de capim indicados para equinos estão:

·         Massai: Com boa aceitação animal, é um capim que possui excelente produção de forragem, grande velocidade de rebrota, meia tolerância ao frio e boa resistência ao fogo. Possui folhas mais finas e menos exigente à fertilidade, sendo recomendada para pastejo rotacionado com o objetivo de aumentar o valor nutritivo.

·         Tifton: É um capim recomendado a pastoreio de equinos, muares, ovinos e caprinos. Possui uma taxa de proteína bruta de 33 % com qualidade superior e versátil, além de ser bastante nutritivo.

·         Mombaça: Capim de alta produtividade, qualidade e adaptação a diferentes condições de clima e solo. Exigente na fertilidade, com boa aceitação animal, bons valores nutritivos e de proteínas, além de facilidade de manejo e plantio.

·         Llanero: Excelente em solos ácidos, de baixa fertilidade e tolerante à seca. Possui boa capacidade de rebrota e palatabilidade, sendo ideal para equinos, ovinos e suínos.

 

Escolhendo o tipo de capim para equinos

 

A escolha do capim ideal depende de alguns fatores, como atender as necessidades de categoria animal, seja de manutenção, crescimento, reprodução ou trabalho. Além disso, o capim deve estar de acordo com o clima onde os animais são criados e ter boa resistência à seca e a geadas.

O alimento deve resistir a pisoteio, além de cortes frequentes realizados por capineiras e campos de feno, estar atento a valores de fibra total e insolúvel e ao teor de proteínas do capim para equinos.

Os tipos de animais também influenciam na escolha do capim para equinos. Para os piquetes, o dimensionamento da área deve ser de 1 hectare por cavalo, já para os potros e locais para pastejo é fundamental que o criador fique atento ao tamanho da área para não exagerar na quantidade de animais, influenciando na quantidade de capim e na saúde de cada animal.

Pastos bem formados, divididos e manejados podem influenciar na qualidade de vida dos equídeos, tendo ótimo índice de desenvolvimento e ganhos em performance.

Na Sementes Santa Fé você encontra sementes de qualidade para animais e pastagens. Conheça nossas sementes acessando o site ou entre em contato para saber mais.