Voltar

Pastagem de capim mombaça eleva a produção de leite

  • Outros Temas
  • Publicado em 14/12/2016

Um projeto recente da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) mostrou que a pastagem de capim Mombaça eleva a produção de leite. Por ter maior palatabilidade e digestibilidade pelos animais, o capim tem ótima aceitação e efeitos maximizados se aliado à prática de pastagem rotacionada.
 
A técnica de pastagem rotacionada
 
Grande conhecida dos produtores, a prática consiste na divisão do pasto em porções e na utilização de um piquete por vez, criando uma série de intervalos de utilização. Todavia, o erro consiste em calcular os intervalos com base em semanas ou em uma quantidade de dias específicos, excluindo as necessidades de crescimento de cada tipo de capim e piquete, que podem variar de acordo com a insolação que a área recebe, com os nutrientes do solo e a irrigação do mesmo.
 
Quando o produtor considera uma determinada necessidade de crescimento e de utilização, os ganhos aumentam, bem como a produção leiteira, que pode ser até 50% maior em comparação com a técnica baseada em uma quantidade específica de dias. A principal vantagem de pensar a pastagem rotacionada baseada na necessidade de cada tipo de capim é o baixo custo. Geralmente, não é necessário nenhum investimento a mais, somente a atenção do produtor e um certo controle para observar a pastagem com atenção.
 
Somada à pastagem rotacionada, a pastagem de capim Mombaça eleva a produção de leite ao seguir a necessidade de 90 centímetros de tamanho do capim na entrada do animal e de, no máximo, 30 cm no momento da retirada do rebanho para outro piquete. 
 
O capim mombaça
 
De alta exigência nutricional, o campim Mombaça é uma gramínea que forma touceiras, pode chegar a 1,65m de altura e tem folhas quebradiças. De caule levemente arroxeado, as folhas quase não possuem pelos na face superior e nas bainhas não há nenhuma pelagem. Como a pastagem de capim Mombaça eleva a produção de leite, o produto é apontado como mais viável para este tipo de manejo, que também trabalha o melhoramento do pasto.
 
A Sementes Santa Fé trabalha desde 1995 na produção e comercialização de sementes forrageiras. Para saber mais, entre em contato conosco ou solicite sua cotação.