Produtos

Aspas Leonardo Moura - Eng. Agr�nomo

"O Piatã é uma opção para a diversificação das pastagens, tendo produção de forragem de boa qualidade,bom acúmulo de folhas e boa tolerância a solos com má drenagem, bem como boa aptidão para o pastejo. Alta palatabilidade, produz mais folha que talo. Apropriada para solos de média fertilidade, destaca-se pelo elevado valor nutritivo. Possui alta taxa de crescimento e rebrota. Apresenta resistência a alguns tipos de cigarrinhas. Vem se destacando no sistema integração lavoura-pecuária."

Sobre a semente

O capim Piatã é indicado para solos de média e boa fertilidade das zonas tropicais brasileiras, permite a recuperação das plantas e a produção de forragem de boa qualidade no final do período das chuvas e possui mais resistência às cigarrinhas típicas de pastagens que o capim-xaraés. 
 
É uma planta vigorosa e de porte médio, com altura entre 0,85 e 1,10m. Floresce nos meses de janeiro e fevereiro e sua inflorescência apresenta até doze ramificações. São equivalentes em tamanho às sementes do capim-marandu e menores que as do capim-xaraés. Quando colhidas do chão, por varredura, praticamente não apresentam dormência.
 

Detalhamento técnico

Para visualização completa, role para a esquerda.
Nome científico Cultivar Nome vulgar Utilização Ciclo vegetativo Forma de crescimento Altura Fixação de Nitrogênio
Brachiaria brizanta BRS Piatã Piatã Pastoreio fenação e silagem Perene Touceira decumbente 0,8 a 1,1m -
Fertilidade do Solo Precipitação pluviométrica
Média e alta >800 mm
Digestibilidade Palatabilidade Teor de proteína na matéria seca Produção de forragem
Ótima Boa 11% 14 a 15 ton ms/há/ano
Tolerância à seca Tolerância à frio Umidade Resistência à cigarrinha
Alta Média Média Alta (Notozulia e Deois) e Média (Mahamarva)

Solicite uma cotação rápida