BRS IPYPORÃ
Descrição
A híbrida BRS Ipyporã é o resultado de um cruzamento entre Brachiaria ruziziensis e B. brizantha. Ela forma touceiras de porte baixo, prostradas e com elevado perfilhamento basal; tem colmos curtos e delgados de alta pilosidade nas bainhas; folhas lanceoladas e eretas com pilosidade nas duas faces. A BRS Ipyporã entra no mercado para suprir a demanda por uma cultivar de braquiária adaptada aos solos do Cerrado, de alta qualidade, boa produtividade e manejo relativamente fácil, como o Marandu. Ademais, apresenta elevado grau de resistência às cigarrinhas típicas das pastagens e a da cana-de-açúcar (Mahanarva) .

 

Características

Nome científico: Brachiaria spp. cv. BRS Ipyporã HÍBRIDO
Utilização: pastoreio direto, fenação
Ciclo vegetativo: perene    
Forma de crescimento: ereto, cespitoso
Altura: 0,4 a 0,6 m

EXIGÊNCIA

Fertilidade do Solo: alta
Precipitação pluviométrica: acima de 800 mm anuais
Entrada e saída do animal (cm): 40cm / 20cm
Taxa de lotação (UA/ha): seca 1,3 águas 2,5

PRODUÇÃO

Digestibilidade: excelente
Palatabilidade: excelente
Teor de proteína na matéria seca: 11 a 13%
Produção de forragem: 8 a 14 t. ms/ha/ano
Florescimento: Tardio (Abril)

RESISTÊNCIA

Tolerância à seco: média
Tolerância à frio: média / alta
Resistência à cigarrinha: Alta